terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Macau - a nossa casa do outro lado do Mundo!

O próximo mês vai ser bastante agitado para o meu passaporte ( =)))))) ) e eu ainda nem sequer registei aqui a minha última viagem de 2012, em Outubro, cujo destino foi mais uma vez a Ásia!

Fui a trabalho a Hong Kong e a Seul (Coreia do Sul). Cheguei a Hong Kong num domingo às 8h da manhã!  O objectivo era aproveitar, já que estava ali tão perto, para conhecer um pouco de Macau e visitar uma tia que vive lá há mais de 20 anos! 
Cheguei completamente de rastos depois de um voo de longo curso e o fuso horário de +8 horas combinado com um calor intenso, quase me fizeram desistir de dar um saltinho a Macau.  E nestas alturas o melhor mesmo é não ir dormir, porque depois quando lá é de noite corria o risco de já não ter sono. Na minha opinião é melhor adaptar o corpo e o cérebro ao novo fuso horário o mais rápido possível. O processo demora uns 2 ou 3 dias! Quando me habituo é dia de regressar!


Fui deixar o trolley de cabine (sim eu já consigo viajar desta forma coisa que há 1 ano era impensável!) ao hotel, mudei de roupa e pus-me em direcção ao porto dos ferrys. Quase me meti numa "roubada" como dizem os brasileiros, logo eu que sou tão atenta a estas coisas: assim que cheguei ao porto estava um homem com bilhetes de ferry na mão a dizer "Rápido, rápido, o ferry vai partir." Vi outros turistas a comprar o bilhete e comprei logo também, num acto irreflectido! Mas como tinha visto no blog da Dri o preço dos bilhetes ainda negociei o preço e paguei o valor correcto: 15€. Mas depois caiu a ficha e pensei: "Agora chego à entrada do barco e dizem-me que o bilhete não é válido." Felizmente isso não aconteceu e correu tudo bem. Serviu de abre olhos.

O dia estava bastante nublado mas estava muito quente! Lá cheguei a Macau, território da China. E que maravilha que é preencher o documento da emigração com todos os dados em português e em chinês, passar por placas que diziam "Alfandega", "Chegadas", "Emigração" :) Como é engraçado estar do outro lado do mundo e de certa fora estarmos tão em "casa".


Entretanto a minha tia foi-me buscar e levou-me ao centro da cidade. A verdade é que vimos tudo numa correria louca porque tínhamos pouco tempo, a viagem de barco demora 1 hora para cada lado e eu ainda tinha uma reunião de tarde.

Aqui estão algumas imagens daquilo que vi.
MUITO lamentavelmente não fui às ruínas de São Paulo :(

As marcas dos portugueses estão em toda a parte, nos azulejos, na calçada, nas igrejas, nos antigos edifícios, em todas as placas a anunciar serviços (dentista, médico, escola de dança,...) em português.  E achei engraçadíssimo irmos a descer as ruas e a minha tia a cumprimentar as pessoas, em português, como se estivesse em qualquer pequena cidade portuguesa. O máximo! 


E nenhuma visita fica completa sem passar pelo Casino Grande Lisboa, um marco incontornável no território. Mas as fotos que tenho são fraquinhas.

Diz que a comida macaense é uma belíssima mistura entre cozinha tradicional portuguesa e cozinha chinesa, mas os meus tios levaram-me a um italiano, por isso não pude experimentar!

Mas o local do restaurante italiano, esse sim vale a pena mostrar!
Fica no Venetian Hotel, uma réplica exacta do hotel com o mesmo nome em Las Vegas, que recria o ambiente de Veneza, com as suas pontes, gôndolas, tectos a simular o céu e noutras zonas a imitar o tecto de uma catedral. Fantástico!



 Tenho imensa pena que tenha sido uma visita tão curta mas sempre deu para dar uma vista de olhos! 

Lamentavelmente nem tempo tive para comprar o enfeite da árvore de Natal.

Brevemente post de Hong Kong e Seul =)







8 comentários:

  1. que lindo! Macau e Hong Kong estão na minha lista!!

    ResponderEliminar
  2. Que boa viagem! Curtinha, mas maravilhosa!

    ResponderEliminar
  3. que bom poder conhecer lugares assim:) bj!

    ResponderEliminar
  4. Se a inveja matasse já tinhas caído para o lado! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os dias agradeço ao senhor lá de cima por este emprego!
      Mas no mês que vem vai ser só andar de um lado para outro, devo pisar uma meia dúzia de aeroportos!

      Eliminar
  5. Macau está na minha lista de países a visitar, por diversas razões mas a maior é mesmo a questão de estares do outro lado do mundo e veres a tua língua e cultura por todo o lado...
    Grande sortuda poderes visitar esses países ainda que a correr...
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Adorava conhecer Macau. São lindas as fotos. Hong Kong também vai ser fantástico de certeza. Fico à espera das fotos.

    http://checkout-fashion.blogspot.com/

    ResponderEliminar